Buscar
  • Kadimah

Vera Rubin e as estrelas

Sandy Cash combina suas habilidades científicas e de composição, e cria canção para Vera Rubin ,ganhando reconhecimento de fãs ao redor do mundo

Por JESSICA STEINBERG



Como cantora folclórica, compositora, escritora científica e atriz, a imigrante americana Sandy Cash frequentemente reúne todos os seus mundos, mas uma de suas músicas mais recentes ofereceu uma conexão estelar específica.


A música, "More than Meets the Eye", conta a história da astrofísica judia Vera Rubin, que superou o preconceito anti-feminino e se tornou um dos astrônomos mais influentes do mundo.


"Durante sua vida, Vera ganhou todos os prêmios - incluindo um do Instituto de Ciências Weizmann, onde trabalho", disse Cash.


Cash, uma escritora científica do Instituto Weizmann, foi inspirada a escrever a música sobre Rubin quando ela foi entrevistar um astrônomo do instituto sobre seus esforços para detectar a matéria escura.

"Ele disse que Vera Rubin foi quem olhou para o céu e viu que algo estava faltando e que algo mais os estava mantendo juntos", disse Cash.


A história de Rubin foi de perseverança e dedicação; ela sempre lutou contra o sexismo, a fim de continuar seus estudos e pesquisas, finalmente fazendo grandes descobertas no mundo da astronomia.


Cash fez da música a faixa-título de seu último álbum com o mesmo nome.


É uma música que conta a história de Rubin, além de traduzir conceitos complexos em algo que as pessoas podem entender, um talento especial de Cash como compositora e escritora de ciências.


"Eu procuro tópicos científicos que tenham drama humano", disse Cash, "e então chego ao coração das pessoas".

Cash então enviou a música para a cantora folk Christine Lavin, uma artista favorita de Cash e também um modelo, pois as letras e o estilo de Lavin há muito inspiram Cash como cantora folk.


O e-mail que Cash enviou não foi um tiro no escuro, no entanto.

A cantora folk Christine Lavin, que adorou a música de Sandy Cash sobre a astrônoma Vera Rubin, fez um vídeo para acompanhar sua música


Cash escuta e canta as músicas de Lavin há anos, desde sua primeira apresentação em 1986 em Tel Aviv, quando ela cantou uma das músicas de Lavin.

Mas ela também passou algum tempo com Lavin alguns anos atrás, quando a cantora veio a Israel para se apresentar no festival de inverno Jacob's Ladder.

No final do fim de semana, Cash a pedido da organizadora do festival hospedou Lavin para passar a noite, antes de ir ao aeroporto no dia seguinte.

Os dois se reuniram na sala de Cash, unindo seus interesses conjuntos em música e ciência popular.

Alguns anos depois, quando Cash escreveu a música de Vera, logo pensou em Lavin, uma companheira da ciência que também escreveu sobre astrofísica.

"Eu sabia que esse era para ela", disse Cash.

Ela estava certa.

Lavin decidiu ajudar Cash a gravar um vídeo.

O vídeo mantém as pessoas envolvidas como se fosse uma apresentação", disse Cash. “É muito mais difícil hoje em dia quando não temos apresentações; é difícil saber se você está alcançando pessoas. ”

Havia mais. Outro cientista do Instituto Weizmann ouviu a música e disse que o observatório de telescópio mais avançado do mundo acabou de ser renomeado para Observatório Vera Rubin.


"As músicas simplesmente viajam", disse ela.

Fonte Times of Israel


35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
banner-2021.png

Seja um Patrono Kadimah

Apoie a Revista Kadimah e fortaleça mais ainda a publicação