Buscar
  • Kadimah

Teva doa tratamento potencial para coronavírus a hospitais nos EUA

Os comprimidos de sulfato de hidroxicloroquina são usados ​​contra malária, lúpus eritematoso e artrite reumatóide, mas podem ser eficazes contra o COVID-19.


Recentemente, o Ministério da Saúde de Israel aprovou vários tratamentos experimentais e empresas de todo o mundo estão tentando determinar o que poderia ser usado para tratar o vírus.

Teva, a empresa farmacêutica israelense, anunciou que doará mais de 6 milhões de doses de comprimidos através de atacadistas para hospitais nos Estados Unidos, a partir de 31 de março.

Os comprimidos estão atualmente sob investigação para determinar sua eficácia contra a doença e as autoridades do governo dos EUA pediram disponibilidade e uso imediato.


"Após conhecer o potencial benefício da hidroxicloroquina, a empresa começou a avaliar o fornecimento e a adquirir urgentemente ingredientes adicionais para produzir mais produtos, enquanto organizava tudo o que tínhamos para ser distribuído", disse Brendan O'Grady, vice-presidente executivo da Teva.

Ela também está revisando seus outros produtos para determinar se alguns também podem ser úteis contra o coronavírus.

Fonte: The Jerusalem Post

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
banner-2021.png

Seja um Patrono Kadimah

Apoie a Revista Kadimah e fortaleça mais ainda a publicação