Buscar
  • Kadimah

Sêfer relança Dicionário Sefaradi de Sobrenomes



Acabamos de relançar uma obra literária que pode ser de seu interesse: o Dicionário Sefaradi de Sobrenomes (Dictionary of Sephardic Surnames).


Trata-se do maior estudo já realizado sobre a trajetória dos judeus sefaradis entre os séculos XIV e XX. Uma obra completa sobre a origem dos sobrenomes de Cristãos-Novos, Conversos, Marranos, Italianos, Berberes e sua história na Espanha, Portugal e Itália. Um instrumento essencial para quem quer conhecer as suas origens!

Souza, Miranda, Pinto e até Silva.

Sobrenomes como esses, tipicamente brasileiros, podem revelar em sua origem alguma ascendência judaica.

É o que o que revela a obra, fruto de muitos anos de extensa pesquisa dos autores Guilherme FaiguenboimAnna Rosa Campagnano (in memorian) e Paulo Valadares. O livro conta com prefácio assinado por Marcio Souza.


Além dos quase 16.000 sobrenomes e 12.000 verbetes, o dicionário possui uma introdução histórica ilustrada, com aproximadamente 120 páginas, sobre a trajetória dos judeus na Espanha e Portugal desde o ano 700 até a Inquisição, narrando o seu destino e a formação de comunidades judaicas em outros países, inclusive no Brasil.

A narrativa histórica é escrita por Reuven Faingold, doutor em História pela Universidade Hebraica de Jerusalém.

A segunda parte, sobre a dispersão após a Inquisição, foi escrita pelo professor Paulo Valadares, historiador pela PUC-CAMP e mestre pela USP, sob a orientação da professora e, também, historiadora, Anita Novinsky.


Guilherme Faiguenboim completa a narrativa e escreve sobre a onomástica sefaradita.

O autor explica a etimologia, as transformações e morfologia dos nomes próprios, e também apresenta os critérios utilizados no estudo e na classificação dos nomes, como formas básicas e variantes, transliterações, línguas e alfabetos, critérios socioculturais, confiabilidade das fontes, estatística para comparação e checagem das fontes, metodologia, dentre outros. O Dicionário Sefaradi de Sobrenomes foi premiado internacionalmente como Reference Book of the Year Award for 2003 from the Association of Jewish Libraries além de receber inúmeros elogios de acadêmicos, genealogistas, historiadores e imprensa por todo o mundo.  

Já em sua 4ª edição, o dicionário é bilíngue (português/inglês) e tem 528 páginas impressas em papel couché, formato 21x28 cm, encadernação de luxo e fino acabamento.

105 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
banner-2021.png

Seja um Patrono Kadimah

Apoie a Revista Kadimah e fortaleça mais ainda a publicação