Buscar
  • Kadimah

Precisamos resgatar a relevância do judaísmo para as futuras gerações

Mario Fleck, presidente da Congregação Israelita Paulista (CIP), dos Amigos Brasileiros do Instituto Weizmann e do AJC para a América Latina participou, a convite da Divisão Feminina do Fundo Comunitário do Rio de Janeiro, do debate online "O judaísmo do futuro e o futuro do judaísmo".




O encontro virtual teve como mediador Fabio Kaufman, presidente do Fundo Comunitário do Rio de Janeiro e provocou uma grande reflexão sobre o futuro do judaísmo.


Fleck, que é um grande ativista comunitário, deu detalhes de como foi impactado ao ler o livro "God is in the crowd" de Tal Keinanque discute o judaísmo do século 21 em Israel e na Diáspora, abordando  os principais desafios para a continuidade de sua existência.

Segundo Mario, "é preciso discutir esse tema e entender o que podemos fazer para dar mais visibilidade a projetos importantíssimos, como o Taglit, que em 20 anos levou cerca de 800 mil jovens do mundo inteiro a Israel".

O presidente da CIP aproveitou o debate para falar sobre o novo Projeto Judaísmo 5.8 que tem como  proposta provocar uma grande reflexão, principalmente junto aos grupos de judeus mais afastados sobre a relevância da massa critica da comunidade.

"Vamos discutir qual é o futuro do judaísmo, vamos entender a relação entre nossas opções individuais e as implicações que elas trazem coletivamente para desenharmos o judaísmo do futuro.

Precisamos resgatar a relevância do judaísmo para que as futuras gerações sintam a mesma vibração que sempre tivemos", complementou Mario Fleck.

106 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
banner-2021.png

Seja um Patrono Kadimah

Apoie a Revista Kadimah e fortaleça mais ainda a publicação