Buscar
  • Kadimah

O futuro da comunidade pós pandemia

Luiz Kignel, presidente da Fisesp, Daniel Bialski, presidente da A Hebraica SP, Denise Zaclis Antão, presidente da Unibes e Sidney Klajner, presidente do Hospital Albert Einstein, participaram nesta terça-feira, 26 de maio, de um debate ao vivo, realizado pela Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp),  com o tema

"Que comunidade emergirá desta pandemia".




O debate online, que durou quase uma hora e meia,  contou com grande participação do público e  mediação de Ricardo Berkiensztat, presidente executivo da Fisesp e do jornalista e assessor da Federação, Jairo Roizen.

Cada participante deu um breve depoimento de como está sendo presidir as entidades durante o confinamento imposto pela pandemia do coronavírus, destacando as dificuldades pelas quais vem passando, bem como as estratégias que vem sendo adotadas para a retomada das atividades.

Denise Antão falou sobre as campanhas junto às pessoas físicas e jurídicas que a Unibes vem fazendo para distribuírem cestas básicas e kits de higiene para os assistidos pela entidade, que costumavam fazer as refeições na Unibes.

"Assim que a Hebraica teve que fechar suas portas,  adotamos uma plataforma digital e transformamos nossa instituição em um Clube Digital,  com uma intensa programação  de lives e entretenimento online para que os sócios continuem a manter a ligação com o Clube", frisou Daniel Bialski.

Para Sidney Klajner, "a pandemia veio revelar deficiências e ineficiências, mas no caso do Einstein, trouxe a oportunidade de exercer um protagonismo através das ações filantrópicas do Hospital, levando mais saúde à população".

Luiz Kignel, destacou o grande desafio que vem sendo enfrentado pela Fisesp, que criou diversos comitês para trabalharem em conjunto com as 62 entidades filiadas no acompanhamento às determinações governamentais,  assim como a criação do grupo "Covid Retorno" que já está se preparando para a retomada das atividades.


A live contou ainda com a participação do presidente do Conselho do Einstein, Claudio Lottenberg, do presidente da Conib, Fernando Lottenberg, do rabino Michel Schlesinger, da CIP, do presidente do Colégio Renascença, Marcelo Kauffmann e da maskirá do Conselho Juvenil Judaico, Camila Crespin, que gravaram previamente suas perguntas para o debate.

Outros temas que permearam o encontro virtual foram:  a reaproximação das pessoas e a retomada das atividades após a quarentena, a preparação para as Grandes Festas, a volta às aulas nas escolas judaicas, o envelhecimento, o empobrecimento e a inclusão dos idosos na comunidade,   bem como a rede de proteção e a  saúde financeira das entidades.

Ao final da live os líderes  também destacaram o lado positivo da pandemia, como a solidariedade e o número de voluntários que cresceu neste período, o engajamento de pessoas que estavam afastadas da comunidade e o desejo de que elas continuem inseridas, bem como o grande aprendizado que tiveram ao liderarem suas entidades e a importância de quem os antecedeu nesta tarefa, além  da importância da cooperação e da união entre as entidades.


" A comunidade judaica é uma escola de liderança. Hoje tivemos um excelente encontro de ideias o que reafirmou que somos uma comunidade de ação",  concluiu o presidente da Fisesp. 

Confira como foi o debate nos canais digitais da Federação:

Facebook: federacaosp

You Tube: fisesp



118 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
banner-2021.png

Seja um Patrono Kadimah

Apoie a Revista Kadimah e fortaleça mais ainda a publicação