Buscar
  • Kadimah

Museu Judaico da Filadélfia destaca os mágicos Houdini, David Copperfield

O Museu Nacional de História Judaica Americana introduz os ilusionistas Harry Houdini e David Copperfield em seu hall da fama.



O Museu Nacional de História Judaica Americana, com sede na Filadélfia, homenageará dois homens que divertiram o mundo com sua magia.


O museu anunciou na quinta-feira que introduzirá os ilusionistas Harry Houdini e David Copperfield em seu hall da fama em 12 de dezembro.

O museu diz que o prêmio reconhece as realizações e contribuições dos judeus americanos "que compartilham e exemplificam os ideais das histórias exploradas no museu."


Houdini nasceu Erik Weisz na Hungria em 1874 e veio para a América quando tinha 4 anos.

Filho de um rabino, ele viajou pelos Estados Unidos e pelo mundo como mágico até sua morte em 1926 aos 52 anos.

Copperfield, 64, nasceu David Kotkin em New Jersey.

Ele ganhou 21 prêmios Emmy e aceitará a homenagem do Museu Internacional e Biblioteca de Artes Conjurantes em Las Vegas.


"Do imigrante Harry Houdini ao americano de primeira geração David Copperfield, este evento demonstra claramente o que é possível quando os indivíduos simplesmente têm a chance de serem grandes", disse o curador do museu Sharon Tobin Kestenbaum.

Os destinatários anteriores do prêmio do museu incluem a falecida juíza da Suprema Corte Ruth Bader Ginsburg e o diretor Steven Spielberg.

Fonte Israel Hayom

32 visualizações0 comentário
banner-2021.png

Seja um Patrono Kadimah

Apoie a Revista Kadimah e fortaleça mais ainda a publicação