Buscar
  • Kadimah

Ministro Luís Roberto Barroso fala sobre democracia


O Ministro do STF e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso participou nesta segunda-feira, 06 de julho, do evento on-line Dilemas Éticos com o rabino Michel Schlesinger, da Congregação Israelita Paulista (CIP).

Filho de mãe judia e neto de judeus gregos que vieram para a América do Sul na década de 1920, Barroso falou sobre seu envolvimento com o judaísmo e com Israel, onde esteve duas vezes, uma delas à convite da Conib e Fisesp, e  de como se maravilhou com a sociedade alegre, colorida e multirracial que encontrou por lá. 

Além de trazer sua opinião sobre o tema da live, que foi  "o papel do judiciário no fortalecimento da democracia" Barroso falou abertamente sobre diversos temas e questões polêmicas como a descriminalização do aborto e a legalização das drogas. 

Segundo ele, "não aconteceu nada no Brasil que verdadeiramente se pudesse identificar como uma derrocada da democracia.


Eu não acho que a nossa democracia esteja sob risco grave, mas o simples fato do rabino Michel me fazer esta pergunta,  já denota uma preocupação que há pouco tempo atrás não tínhamos".


O Ministro também falou sobre o combate às notícias falsas.   Segundo ele, a melhor maneira de se enfrentar as fake news não é com censura nem com o Judiciário, mas sim com o controle, pelas próprias plataformas tecnológicas, de práticas como o uso de robôs, perfis falsos e impulsionamento ilegal. 

Outro tema abordado foi o descuido com o meio ambiente e com a Amazônia.  "O mundo está nos olhando com desprezo em razão da nossa política ambiental" salientou o Ministro.  O rabino Michel destacou a relevância do cuidado com o meio ambiente e com a natureza de acordo com as fontes judaicas, contando uma passagem do Talmud  sobre a criação do mundo em que Adão e Eva são alertados para cuidarem do Jardim do Éden.

Quando indagado sobre sua lista de desejos para o Brasil Barroso elencou cinco prioridades: a integridade e a convivência com base na confiança, a solidariedade com as pessoas que sofreram maior impacto durante a pandemia, colocar um facho de luz sobre a pobreza e a desigualdade, competência para deixarmos de ser o país do nepotismo, a obsessão pela educação básica e os investimentos em ciência e tecnologia.

O evento Dilemas Éticos é uma  realização da Congregação Israelita Paulista (CIP) e conta com o patrocínio de: Itaú-Unibanco,  CSN, Bemol, GR Segurança, Focus Energia, Helbor e Rosset e apoio da Unibes Cultural e Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Confira o debate em: https://cip.org.br/aovivo/

34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
banner-2021.png

Seja um Patrono Kadimah

Apoie a Revista Kadimah e fortaleça mais ainda a publicação