Buscar
  • Kadimah

'Lições de ódio': livros escolares do Hezbollah ensinam antissemitismo e apoio ao terror

A Liga Anti-Difamação- ADL encontra crianças em idade de jardim de infância 'alimentadas" para odiar judeus, pede aos EUA e outros países que sancionem institutos de educação controlados pelo grupo terrorista libanês



Os livros escolares usados ​​em instituições controladas pelo grupo terrorista libanês Hezbollah estão ensinando às crianças "incitação flagrante ao antissemitismo e apoio ao terrorismo", de acordo com um relatório publicado quinta-feira pela Liga Anti-Difamação.


A ADL disse que decidiu examinar os livros didáticos, dada a crescente influência do Hezbollah no Líbano e o controle sobre o governo.

A organização obteve dois livros didáticos da 6ª série publicados pela Mustafa Generation Publishing House e usados ​​pelas escolas controladas pelo Hezbollah.


Os livros, “O Islã é a nossa mensagem” e “Nós e história”, fornecem uma representação constantemente odiosa do povo judeu que se estende desde os tempos antigos até o presente, disse a ADL no relatório intitulado

“Ensinando antissemitismo e terrorismo nas escolas do Hezbollah”.


“O judaísmo é uma religião confinada aos judeus, aos senhores do mundo e aos imperadores do universo, aos quais ninguém tem direito de pertencer, independentemente da sua posição”, afirma o livro “De nós e da história”.


“E foi isso que os fez odiar e ser marginalizados, e talvez o que intensificou a aversão das pessoas a eles: sua injustiça, arrogância, ganância e monopolização”, diz o texto.

De “O Islã é a nossa mensagem”, em uma lição sobre os judeus Mizrahi do século VII: “Vamos dar a lição e as instruções.

Pois os sionistas são inimigos da humanidade no passado, presente e futuro por causa de seus atributos: engano, traição, traição e romper pactos. ”



O diretor da ADL, Jonathan Greenblatt, expressou indignação com os livros.

“É chocante que as crianças do jardim de infância em diante estejam sendo alimentadas com uma dieta antissemitismo, usando fatos perniciosos, como judeus são satânicos, os judeus mataram Cristo e os judeus estão tentando minar outras religiões para controlar o mundo ," ele disse.

“Essas 'lições' cheias de ódio não têm lugar em nenhuma escola, mas são especialmente perigosas no Líbano, onde o Hezbollah prepara jovens para se tornarem 'mártires' terroristas”, disse ele.

"Embora soubéssemos há muito tempo que o Hezbollah usa propaganda desumanizadora para justificar a violência contra os judeus, nossa análise desses livros escolares mostra até que ponto os líderes do Hezbollah irão para ensinar as crianças a odiar", disse o autor do relatório, David Weinberg.


A ADL instou os EUA e outros países a sancionarem as instituições educacionais ligadas ao Hezbollah.

O Hezbollah foi formado no início dos anos 80, com assistência do Irã para combater e assediar Israel, que ocupou o sul do Líbano após a Primeira Guerra do Líbano de 1982.

Ao longo dos anos - e com amplo treinamento, financiamento e apoio iraniano - o grupo terrorista passou de um pequeno grupo de guerrilha que usava armas e bombas na estrada para matar tropas israelenses e colaboradores libaneses, em uma organização terrorista mais poderosa, com milhares de foguetes simples.

O Hezbollah, apoiado pelo Irã, é um grupo terrorista designado pelos EUA desde 1997 e luta ao lado do regime do presidente sírio Bashar Assad na guerra civil do país vizinho.

É a procuração mais potente de Teerã no cenário regional e também exerce influência significativa na política libanesa.

106 visualizações0 comentário
banner-2021.png

Seja um Patrono Kadimah

Apoie a Revista Kadimah e fortaleça mais ainda a publicação

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco

© 2020 por Revista KADIMAH. Uma empresa Nessim Hamaoui Editor

CONTATO

Tel: (11) 3259-6211
WhatsApp: (11) 98541-2971
Horário de atendimento: 10h as 16h