Buscar
  • Kadimah

Israel abre o primeiro hospital designado para coronavírus

O primeiro hospital designado por Israel para o tratamento de pacientes com coronavírus abriu suas portas e recebeu seus primeiros pacientes na quinta-feira.


O Hospital Sharon em Petah Tikva foi convertido em uma instalação de 200 leitos em menos de duas semanas depois que todos os seus pacientes foram transferidos para outros hospitais e a equipe de 1.400 funcionários recebeu treinamento no tratamento de pacientes com coronavírus e autoproteção contra a infecção pela doença, que até agora matou dez pessoas em Israel.


O hospital, parte do complexo do Rabin Medical Center, possui 40 ventiladores mecânicos respiratórios e quatro máquinas de suporte à vida da ECMO que substituem a função do coração e dos pulmões.

A maior parte do tratamento será administrada remotamente, através de cinco centros de comando e controle com câmeras de circuito fechado.


Cerca de 37 pacientes com coronavírus já estão hospitalizados, cinco deles em estado grave, incluindo um homem de 46 anos com condições médicas preexistentes e um homem de 38 anos sem condições preexistentes.


"Tenho orgulho de estar no comando de um hospital que assumiu uma missão de importância nacional", disse o Dr. Eitan Chaver, chefe do Hospital Sharon.

"A missão é complexa e desafiadora."


Dr. Eithan Wertheimer, diretor do Centro Médico Rabin, disse que o hospital foi o primeiro em Israel a oferecer hospitalização em larga escala em condições de isolamento.


"Além do fato de ser o primeiro hospital do gênero em Israel, é único por oferecer todo o aparato de salas cirúrgicas e salas de recuperação para qualquer cirurgia invasiva que possa ser exigida por pacientes com coronavírus".

Fonte: Times of Israel


21 visualizações0 comentário
banner-2021.png

Seja um Patrono Kadimah

Apoie a Revista Kadimah e fortaleça mais ainda a publicação