Buscar
  • Kadimah

Filme ucraniano explora a 'história profunda' do massacre de Babi Yar

"Babi Yar. Context", do diretor ucraniano Sergei Loznitsa, explora o massacre nazista alemão de 34.000 homens, mulheres e crianças judeus em 29 a 30 de setembro de 1941.


Imagens e imagens de arquivo preservam as memórias de um dos maiores massacres de judeus durante o Holocausto nazista em um documentário estreado pelo diretor ucraniano Sergei Loznitsa na segunda-feira.


"Babi Yar. Context", revelado no Festival de Cinema de Cannes, conta a história do assassinato em massa que marcou o início do Holocausto na Ucrânia soviética ocupada, bem como os eventos circundantes.

“É uma história profunda e temos que conhecer nossa história, e os filmes devem despertar interesse em nossa história”, disse Loznitsa no lançamento.


As forças nazistas alemãs mataram cerca de 34.000 homens, mulheres e crianças judeus em 29-30 de setembro de 1941 , em uma grande ravina conhecida como Babi Yar e Babyn Yar, na orla de Kiev.

O diretor de 56 anos disse que cresceu na cidade, não muito longe do local, e encontrou vestígios do passado enquanto vagava por aí quando criança.

"Lembro-me das pedras que eles deixaram ... quando destruíram o cemitério judeu.

As pedras estavam nos arbustos", disse ele. "Eu me perguntei o que aconteceu aqui, o que é?"

Mas os adultos ao seu redor não foram próximos. "Eles diriam, quando você crescer, você saberá."


"Babi Yar. Context 'é o sétimo filme de Loznitsa no festival de Cannes.

Em 2012, seu filme" In the Fog "concorreu à Palma de Ouro.

Em maio, a Ucrânia inaugurou uma sinagoga construída em madeira e projetada para se desdobrar como um livro pop-up em um local que comemora as vítimas do massacre.

Fonte Israel Hayom

78 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
banner-2021.png

Seja um Patrono Kadimah

Apoie a Revista Kadimah e fortaleça mais ainda a publicação