Buscar
  • Kadimah

Eleito novo líder do Partido trabalhista do Reino Unido

Keir Starmer, foi eleito como novo líder, substituindo Jeremy Corbyn, que renunciou após sua esmagadora derrota nas eleições de dezembro.

Casado com um judia, suas primeira palavras foram pedir desculpas aos judeus pela atitude antissemita e prometeu "arrancar esse veneno".


O ex-promotor público de 57 anos conquistou 56,2% dos votos de mais de 500.000 membros do Partido Trabalhista, derrotando Rebecca Long-Bailey (27,6%) e a costureira Lisa Nandy (16,2%). Angela Rayner se torna a nova vice-líder.


Starmer assume o comando de um partido derrotado e dividido no meio da crise do coronavírus.

Em seu discurso de vitória, Starmer reconheceu que o partido tinha "uma montanha para escalar" após quatro derrotas consecutivas nas eleições gerais.

Mas ele prometeu: "Vamos escalar".


Ele chamou de "a honra e o privilégio" de sua vida ser eleito e prometeu "se envolver construtivamente" com o governo do primeiro-ministro Boris Johnson, particularmente na luta contra o coronavírus.


Judeus e antissemitismo na agenda


Starmer, pediu desculpas à comunidade judaica pelo antissemitismo nas fileiras do Partido Trabalhista, chamando-a de "mancha" e comprometendo-se a eliminá-la.


"Temos que encarar o futuro com honestidade", disse ele. “Em nome do Partido Trabalhista, desculpe ... eu vi a tristeza que o [antissemitismo] trouxe a tantas comunidades judaicas.

"Vou arrancar esse veneno por suas raízes e julgar o sucesso pelo retorno de membros judeus do nosso partido e daqueles que sentiram que não poderiam mais nos apoiar".


Starmer já havia dito que tomaria medidas para eliminar o preconceito contra os judeus em seu partido "no primeiro dia", a fim de demonstrar "a diferença que a nova liderança fará sobre o assunto".


Ele também disse que procuraria cooperar totalmente com o relatório da Comissão de Igualdade e Direitos Humanos contra o antissemitismo no partido, que está atualmente em análise, mas que ele não tinha intenção de esperar pelos resultados para tomar medidas.


Família


Sua esposa, Victoria Alexander, é de origem judaica e, através dela, ele tem familiares que vivem em Tel Aviv.

"A família da minha esposa é judia. O pai dela é judeu, a família veio da Polônia."


Stramer participou de jantares de Shabat com os parentes de sua esposa em inúmeras ocasiões e teve contato direto com a comunidade visitando sinagogas de Londres para assistir a cerimonias religiosas e contatos com dirigentes.

Fonte : Times of Israel


82 visualizações0 comentário
banner-2021.png

Seja um Patrono Kadimah

Apoie a Revista Kadimah e fortaleça mais ainda a publicação