Buscar
  • Kadimah

Delaware exigirá ensino sobre o Holocausto

O projeto de lei que exige que a matéria seja ensinada como parte do currículo do ensino fundamental e médio para 2021-22 é aprovado por unanimidade na legislatura estadual

Por MARCY OSTER



O estado de Delaware, nos Estados Unidos, exigirá o ensino de um currículo do Holocausto em escolas de ensino fundamental e médio a partir do período de 2021-22.


Um projeto de lei sancionado no final do mês passado pelo governador John Carney determina que as escolas públicas implementem currículos sobre o Holocausto e genocídio para alunos do 6º ao 12º ano.

Cada distrito pode desenvolver seu próprio currículo, informou o Delaware State News na terça-feira.


O Comitê de Educação do Holocausto Halina Wind Preston da Federação Judaica de Delaware, um grupo de voluntários inter-religiosos formado por sobreviventes do Holocausto e suas famílias, estudiosos do Holocausto, professores, clérigos e defensores da comunidade fornecerão orientação e recursos, de acordo com o relatório.


O projeto foi aprovado no Legislativo estadual por unanimidade.

Ann Jaffe, uma sobrevivente do Holocausto que vive em Delaware, participou da assinatura por meio de videoconferência.

Ela conversou com a Câmara e o Senado sobre suas experiências e tem falado regularmente em escolas do estado por várias décadas.

“Eu sou a última geração de testemunhas de primeira mão e tenho 89 anos de idade. Fico feliz em saber que, quando eu partir, as escolas continuarão nosso trabalho ”, disse Jaffe em um comunicado durante a assinatura, relatou o WDEL.

“A importância de ensinar o Holocausto e sobre o genocídio nas escolas de Delaware é grande.

Como podemos esperar que nossos filhos se lembrem e aprendam com a história que eles não conheceram? ”

31 visualizações0 comentário
banner-2021.png

Seja um Patrono Kadimah

Apoie a Revista Kadimah e fortaleça mais ainda a publicação