Buscar
  • Kadimah

As especialistas Lilia Schwarcz e Djamila Ribeiro falando sobre racismo



Presente em todas as sociedades, o racismo possui diferentes tipos e formas. Para debater esse importante tema que está na pauta do dia,  o Ministério da Cidadania e a Congregação Israelita Paulista (CIP), realizaram dois eventos online tendo como tema central o racismo.

No domingo, 05 de julho, o rabino Dr. Ruben Sternschein recebeu a historiadora e professora da USP e da Princeton University, Lilia Schwarcz, para um debate integrando o ciclo Desafios Contemporâneos com o tema: "Raça, gênero e religião: história e atualidade da discriminação no Brasil.

Lilia falou sobre os principais desafios do Brasil em relação ao racismo,  machismo, feminismo e infanticídio,  além do  papel da história e  de como novos governos criam novas narrativas. "Muitas vezes esquecemos das nossas maiorias que são minorizadas. Uma história crítica é a que indaga sobre o seu silêncio. Precisamos aprender que quanto mais diversos formos, melhores seremos. É preciso defender os diferentes e  está na hora de começarmos a agir e  a dividir privilégios".

"Na tradição judaica, antes de qualquer coisa, os seres humanos são  imagem divina,  criados com o pó da terra dos quatro cantos do mundo. Só  a partir disso que  podem ser classificados", destacou o rabino Dr. Ruben Sternschein .



O debate sobre racismo teve continuidade no dia 07 de julho com o  evento Dilemas Éticos, no qual o rabino Michel Schlesinger dialogou com Djamila Ribeiro, considerada pela BBC como uma das 100 mulheres mais influentes do mundo.

Djamila traçou um paradoxo sobre sua vida, destacando as oportunidades que teve, como o acesso a uma educação crítica  e a políticas públicas, em comparação com a maioria da população negra e pobre, cujas desigualdades estão cada vez mais escancaradas. "Nosso legado não é só de dor, mas de luta e resistência. Precisamos cada vez mais de aliados nessa luta, que não é só dos negros, mas de toda a sociedade brasileira", destacou.  A ativista também falou sobre sua viagem a Israel e esclareceu que é crítica ao governo de Israel, e não ao povo de Israel, e que é preciso fazer essa diferenciação.

"Na tradição judaica existe a preocupação com o pluralismo. A diversidade nos enriquece e não nos ameaça, pois somos diversos dentro de nós mesmos", concluiu o rabino Michel Schlesinger.

Os eventos Desafios Contemporâneos Dilemas Éticos são uma  realização da Congregação Israelita Paulista (CIP) e contam com o patrocínio de: Itaú-Unibanco,  CSN, Bemol, GR Segurança, Focus Energia, Helbor e Rosset e apoio da Unibes Cultural e Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Confira os debates em: https://cip.org.br/aovivo/

61 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
banner-2021.png

Seja um Patrono Kadimah

Apoie a Revista Kadimah e fortaleça mais ainda a publicação