Buscar
  • Kadimah

Arkansas considera projeto de lei para a educação sobre o Holocausto em escolas públicas

A medida ocorre alguns meses depois que um relatório da Conferência sobre Reivindicações Materiais Judaicas contra a Alemanha descobriu que o estado americano ficou em último lugar em conhecimento do Holocausto.



Os legisladores em Arkansas introduziram um projeto de lei que determinaria que a educação sobre o Holocausto fosse ensinada em todas as escolas públicas a partir do ano letivo de 2021-22.

A medida ocorre alguns meses depois que um relatório da Conferência sobre Reivindicações Materiais Judaicas contra a Alemanha descobriu que o estado ficou em último lugar em conhecimento do Holocausto.



De acordo com o US Millennial Holocaust Knowledge and Awareness Survey, apenas 17% dos millennials e da Geração Z residentes em Arkansas atendem aos "critérios de conhecimento do Holocausto", definidos como "definitivamente" ter ouvido falar do Holocausto, ser capaz de nomear um campo de concentração, campo de extermínio ou gueto e sabendo que 6 milhões de judeus foram mortos durante o Holocausto.

O relatório, divulgado em setembro, foi a primeira pesquisa que enfocou todos os 50 estados e foi direcionada especificamente para a geração Y e a Geração Z - aqueles com idades entre 18 e 39 anos.


Nacionalmente, o estudo descobriu que 63% de todos os entrevistados da pesquisa nacional não sabem que 6 milhões de judeus foram assassinados e 36% acham que "2 milhões ou menos de judeus" foram mortos durante o Holocausto.

Apenas 31% dos residentes de Arkansas pesquisados ​​sabiam quantos judeus morreram no Holocausto.


A lei do Arkansas visa gerar uma "compreensão das causas, curso e efeitos do Holocausto". Também educaria os alunos sobre as "ramificações da intimidação, intolerância, estereótipos e discriminação", ao mesmo tempo que incentivaria a diversidade e a tolerância para todos.

Mais de 30 deputados estaduais e cerca de 20 senadores estaduais são co-signatários da legislação, que tem apoio bipartidário.

Fonte Israel Hayom

24 visualizações0 comentário
banner-2021.png

Seja um Patrono Kadimah

Apoie a Revista Kadimah e fortaleça mais ainda a publicação