Buscar
  • Kadimah

Aluna vence o maior teste da Torá

Ruth Cohen, de 16 anos, ocupa o primeiro lugar na tradicional competição do Dia da Independência de Jerusalém; adolescentes dos EUA e do México, competindo por meio de link de vídeo, vêm em 3º e 4º


Uma estudante de 16 anos do sul de Israel, na terça-feira, se tornou a primeira aluna a vencer o International Bible Quiz em 10 anos.

Ruth Cohen, uma estudante da escola Barahan Ulpana em Mercaz Shapira, ganhou o primeiro prêmio na competição anual em Jerusalém na quarta-feira, realizada todos os anos no Dia da Independência.


Este ano, devido às limitações provocadas pela crise do coronavírus, a competição foi realizada pela primeira vez sem audiência e com participantes de fora de Israel participando via link de vídeo.


No concurso de ortografia, os adolescentes respondem a perguntas triviais sobre os mínimos detalhes dos livros bíblicos mais obscuros.

Os participantes devem localizar ou completar fragmentos de versículos bíblicos, identificar quem disse qual citação para quem ou o nome dos detalhes geográficos da antiga Terra de Israel.


Moshe Giladi, estudante da escola Makor Chaim de Alon Shvut, ficou em segundo lugar na competição, organizada pelo Ministério da Educação, pelas IDF, pela Agência Judaica e pelo Fundo Nacional Judaico.

Chaim Nosson Shildes, dos EUA, ficou em terceiro, e o quarto lugar foi para Miriam Sharam, do México.


Mais de 70 adolescentes de 39 países diferentes, distribuídos por seis continentes, participaram da competição, com 16 de oito países diferentes competindo entre si nas rodadas finais televisionadas.


O presidente do Knesset e o líder do partido Azul e Branco Benny Gantz, dirigindo-se aos competidores como juiz, elogiou a competição por reunir judeus de todo o mundo.

“Nós precisamos dessa conexão. Precisamos dessa conexão, assim como precisamos de uma tradição que conecte nossa história compartilhada, presente e futura ”, afirmou. “A herança judaica é a fonte de nossa coesão.

É a introdução ao Estado de Israel e o poder do povo judeu. ”


O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, fazendo uma pergunta na rodada final via link de vídeo, disse que a Bíblia não é um documento antigo, mas um livro vibrante e constantemente revitalizado.


"Não há estatuto de limitações na Bíblia, exatamente o oposto: o que caracteriza a Bíblia acima de tudo é a revitalização constante", disse Netanyahu, cujo filho Avner já foi vencedor.

“Cada geração encontra respostas para os desafios de seu tempo na Bíblia.


Cada geração adiciona novas camadas aos atos dos heróis do livro. ”


Fonte Times of Israel

357 visualizações0 comentário
banner-2021.png

Seja um Patrono Kadimah

Apoie a Revista Kadimah e fortaleça mais ainda a publicação